Shoppings paraibanos, como o Manaira Shopping de Roberto Santiago, escapam da crise econômica

Segundo estudo divulgado pela Associação Brasileira de Shoppings Centers, a Abrasce, o ramo dos shoppings centers obteve um crescimento de 6,5 % em 2015, com um faturamento estimado de 150 bilhões de reais. Em meio à crise que perturba a economia nacional, o resultado positivo é motivo de comemoração para os profissionais do ramo.

O levantamento da Abrasce, realizado em parceria com o Grupo de Estudos Urbanos, o GEU, além de ser uma notícia importante para o setor, acaba por repercutir na disposição dos profissionais do ramo, estimulando a prática do bom atendimento ao público consumidor dos centros comerciais.

De acordo com a pesquisa divulgada, o Brasil possui atualmente 538 grandes centros de compra, além de outros 30 que se encontram em processo final de construção. O estudo também constatou que o ramo dos shoppings centers emprega cerca de 1 milhão de pessoas em todo o território nacional. Segundo a pesquisa, o setor preencheu impressionantes 54 mil novas vagas de trabalho em 2015, mostrando uma vez mais a força de crescimento da área e seu potencial de desenvolvimento e de inovação.

Nordeste

Segundo o empresário Roberto Santiago, dono do Manaira Shopping, o nordeste é a segunda região brasileira com maior volume de vendas realizadas em shoppings centers, perdendo somente para a região sudeste do Brasil. Na Paraíba, o centro comercial de Roberto Santiago tem procurado se reinventar durante a recessão econômica, e continua seguindo como um destaque do ramo no estado.

Dentre os cinco centros comerciais do estado da Paraíba, o Manaira Shopping, de João Pessoa, é o que possui a maior área bruta de locação, cerca de 75 mil metros quadrados. O local tem ainda um amplo espaço multiuso, e abriga uma faculdade e uma casa de shows, além de uma excelente academia. Segundo Rafaella Barros, gerente de marketing do centro comercial, uma das necessidades do ramo é a constante reinvenção. Para a gerente, tanto a reinvenção constante quanto a visão empreendedora de Roberto Santiago têm proporcionado um volume de vendas crescente e o sucesso inegável do shopping paraibano.

Em termos de confiança dos gestores de lojas comerciais de shoppings centers, um estudo descobriu que, só no estado da Paraiba, 40 % dos profissionais prevê um crescimento em torno de 5% para o segmento em 2016. A pesquisa também apontou que, apesar dos desafios impostos pela turbulência econômica no país, 60% dos gestores acredita que a crise não afetará de modo significativo os negócios no ramo para o ano que vem.

A Intenção de Consumo das Famílias também registrou uma alta, a terceira seguida, para o dinheiro despendido pelas famílias nos centros de vendas. Somente o Manaira Shopping, do empresário Roberto Santiago, registrou um movimento aproximado de 2 milhões de pessoas durante o ano de 2015.

De acordo com Rafaella Barros, gerente de marketing do shopping de Roberto Santiago, o crescimento de vendas constante revela a estabilidade do segmento. Ela ainda afirmou que a tendência do shopping é crescer cada vez mais, contribuindo significativamente para a inovação e o desenvolvimento do setor.