Prêmios de Luiz Carlos Trabuco Cappi – presidente do Banco Bradesco

 

Empreendedor do Ano nas Finanças”, em 2015, pela ISTOÉ Dinheiro – uma revista brasileira de economia e negócios publicada pela Editora Três; troféu Personalidade de Seguros do Ano duas vezes, uma em 2003, quando assumiu o comando como presidente do Grupo Bradesco de Seguros e Previdência, e outra em 2007, por conta dos quatro anos da gestão no comando da seguradora; e integrante da lista das 100 personalidades mais influentes do Brasil em 2009, publicada pela revista Época.  Esses foram os títulos mais recentes conquistados pelo presidente do Banco Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi.

Nascido em 6 de outubro de 1951, no município de Marília, região Centro-Oeste de São Paulo, o executivo é formado em filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FLCH–USP) e pós-graduado em Sócio psicologia na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Os prêmios adquiridos até hoje são frutos de um bom trabalho desenvolvido e de uma reputação construída entre os membros do mercado financeiro, principalmente dentro da instituição da qual, hoje, é presidente.

Luiz Carlos Trabuco Cappi atua no Banco Bradesco há 48 anos, ele começou cedo – ainda quando tinha apenas 18 anos de idade, no ano de 1969. Por lá, passou por todos os escalões de hierarquia. O início foi como escriturário, depois vieram as áreas como a da previdência privada e a do marketing. Com 30 anos de casa, em 1999, aos 47 anos, foi promovido ao cargo de vice-presidente do Banco. Quatro anos depois, em 2003, o executivo acumulou também a posição de chefe do Grupo Bradesco de Seguros e Previdência – lá atuou até 2009 e se destacou, conquistando o impulso necessário para chegar à presidência da empresa bancária fundada por Amador Aguiar.

Luiz Carlos Trabuco Cappi assumiu a presidência da instituição no lugar de Márcio Cypriano – que foi presidente-executivo da empresa durante dez anos, mas teve que deixar a cadeira por conta do estatuto que não permite presidentes com mais de 65 anos.

Amador Aguiar e o seu sucessor Lázaro Brandão – responsável pela indicação de Trabuco ao mais alto cargo do Bradesco – foram os dois outros a ocuparem a posição de liderança máxima dentro do grupo financeiro.

Sobre os prêmios

O troféu Personalidade de Seguros do Ano de 2007 foi entregue a Luiz Carlos Trabuco Cappi pelo Presidente da Camaraseg, Pedro Barbato Filho, representando o Presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de São Paulo (Sincor-SP), Leoncio de Arruda.

Já as 100 personalidades mais influentes do Brasil, publicada pela revista Época em 2009, foram escolhidas pela redação, junto com a ajuda de milhares de leitores e de especialistas de diversas áreas. Quem integrou a lista foram aqueles que se destacaram pelo poder, pelo talento, pelas realizações ou pelo exemplo moral. Luiz Carlos Trabuco Cappi fez parte da categoria “Empreendedores & Pioneiros”.