No comando do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi investe no atendimento ao consumidor

Uma das primeiras providências tomadas por Luiz Carlos Trabuco Cappi ao assumir a presidência do banco Bradesco foi inaugurar um centro educacional voltado à formação corporativa dos colaboradores. Com destaque para a carreira de executivo, o local recebeu o nome de Universidade Corporativa e tem sido utilizado para que profissionais da instituição adquiram a formação necessária para pleitearem cargos de patamares mais elevados. O ato de promover o funcionário é algo que ocorre de maneira protocolar, já que o executivo, por meio de uma reunião, tem uma profunda conversa com os candidatos.

A gestão de pessoas da instituição tem sido um dos focos da agenda de Luiz Carlos Trabuco Cappi, já que ele tem mostrado grande interesse em conhecer profissionais dentro e fora da instituição, a fim de reconhecer os que estão aptos a subir de cargo. Em se tratando da concorrência, o executivo já contratou Renato Ejnisman, profissional que hoje é um dos diretores da corporação. No que diz respeito à própria carreira, entretanto, o presidente do Bradesco teve uma trajetória tradicional dentro do banco, uma vez que passou pelos vários setores que o banco possui.

Apesar de ocupar desde 2009 o cargo de presidente, Luiz Carlos Trabuco Cappi iniciou sua vida profissional como escriturário do banco. Recém saído da adolescência, ele começou a trabalhar para a instituição assim que completou 18 anos e lá permanece ao longo de mais de 4 décadas. Seu modo de gerir a organização foi fator de destaque para a revista Dinheiro, pois em 2015 a publicação resolveu listar os principais empreendedores do ano, reconhecendo o executivo como o principal deles.

O executivo, que teve sua formação acadêmica realizada junto à Universidade de São Paulo, começou a se destacar ao apresentar bom desempenho na área de seguros do banco. Tal função gerou um lucro que representou cerca de 30% de toda a lucratividade alcançada pela companhia no período de seis anos em que esteve na liderança do segmento. Dessa forma, a então presidência da instituição começou a enxergá-lo como um possível novo membro, efetivando sua promoção no ano de 2009.

Avesso aos movimentos do mercado, onde havia uma espécie de busca por parte da concorrência a fim de se liderar o setor, Luiz Carlos Trabuco Cappi decidiu continuar investindo no atendimento ao cliente, sem se preocupar com a corrida pela liderança do segmento. A organização, no entanto, conseguiu reconhecimento justamente pelo modo como prestava seus serviços e por uma transação bilionária que envolveu a compra de outra empresa.

Luiz Carlos Trabuco Cappi foi o responsável pelo negócio fechado em 5,2 bilhões de dólares, quantia que aqueceu o segmento bancário e chamou para a instituição as atenções de diversas outras instituições financeiras, dado o vultoso valor empregado. Assim sendo, a clientela do banco começou a aumentar, gerando grande demanda pelos serviços essenciais que a instituição oferece, tais como depósitos, compra de ativos, empréstimos, dentre outros. Com o feito, a companhia conseguiu movimentar o seguimento ao passo em que se estabelecia novamente como líder do mercado.