Grupo RBS presidido por Eduardo Sirotsky Melzer, promovem debate sobre fake news junto a estudantes

Combater notícias falsas é um dos principais desafios para manter a credibilidade e a confiança da população no jornalismo profissional. E é com o intuito de abordar esse problema que o Grupo RBS, presidido por Eduardo Sirotsky Melzer, lançou um projeto para discutir como combater notícias falsas – o chamado fake news.

Com o tema “Jornalismo e Pós-Verdade: o valor da credibilidade em tempos de fake news” o Grupo RBS promoverá, de abril a junho, 11 encontros que reúnem jornalistas e estudantes catarinenses para debater sobre os problemas que as divulgações sem fontes confiáveis.

Os encontros mediados pelo apresentador do “Bom Dia SC”, Raphael Faraco, e o coordenador do MBA em Comunicação e Marketing na Estácio, Marcelo Barcelos, percorrerão as principais cidades de Santa Catarina, como Florianópolis, Joinville, Itajaí, Xaxim, Blumenau, Joaçaba, Lages, Caçador e Concórdia.

O principal esforço do Grupo RBS, sob presidência de Eduardo Sirotsky Melzer, será, por meio de seus mediadores, a abordagem sobre o quanto as reportagens falsas podem comprometer o trabalho de jornalistas sérios.

Um dos principais espaços problemáticos destas práticas são as redes sociais, onde é cada vez mais comum que as pessoas apenas repliquem os conteúdos levando em questão apenas seus títulos polêmicos, ou seja, ignorando toda a irrelevância e falta de dados que confirmem a verdade das notícias.

Isto leva à necessidade de ter a atenção redobrada para uma das principais orientações do curso de jornalismo: verificar sempre a origem de cada afirmação.

Os mediadores do Grupo RBS, presidido por Eduardo Sirotsky Melzer, levantaram muitos questionamentos com relação a imparcialidade, principalmente quando se trata de temas políticos, já que a polarização destes debates é cada vez mais forte nas redes sociais.

Além disto, foram discutidas quais decisões devem ser tomadas antes de decidir que uma notícia deve ser repassada adiante, bem como quais as melhores atitudes a serem tomadas quando há confirmação que o tema é oriundo de fake news.

O apresentador Raphael Faraco, jornalista do Grupo RBS, levantou a necessidade profissional de os jornalistas agirem sempre com desconfiança sobre todas as notícias, procurando investigar ao máximo detalhes como data, horário e origem real da publicação. Sem estas informações, as pessoas devem ver com impossibilidade a decisão de que tal informação é realmente verdadeira.

Com esta ação, o Grupo RBS, presidido por Eduardo Sirotsky Melzer, tem como intenção esclarecer a importância do jornalismo para a sociedade, já que, ao compartilhar uma notícia, é preciso sempre levar em consideração que isto poderá mudar a vida das pessoas de alguma forma.

Entre as dicas para verificar a verdadeira origem de notícias que aparecem nas redes sociais, estão, por exemplo, a verificação da URL de origem, se a divulgação conta original foi realizada por jornalistas com prestígio, se existem fotos que comprovam tal assunto, se a data de publicação é condizente com a situação e se a formatação está fugindo do que é comumente encontrado em trabalhos profissionais.

A mobilização de grandes nomes do jornalismo brasileiro, como o chairman do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer, reforça o compromisso dos jornalistas para com a sociedade, já que, são destes profissionais o compromisso de ser porta-vozes da população.